Obra de autoria de José Vilema, Leonardo Dutra e Sofia Estanqueiro, com prefácio de Silvério Rocha Cunha.

capa 1

Um dos grandes desafios para a saúde nos próximos anos não é o limite tecnológico, mas o ético.

As áreas da biotecnologia e da engenharia genética tornaram-se campos de conhecimento promissor, a ciência passou da identificação e descodificação do genoma humano à intervenção terapêutica e à seleção genética.

A detenção do conhecimento tecnológico tornou-se a principal arma de competição entre os países, o que conduz inevitavelmente à sua primazia económica e política no panorama internacional.

Diante de um mundo globalizado, o modelo industrial de estruturação social e desenvolvimento económico, por sua inerente capacidade de produzir efeitos não esperados, propiciou uma série de consequências não desejadas para a sociedade contemporânea.

Neste contexto, o desenvolvimento internacional seria possível em razão da evolução da ordem política baseada na educação de uma natureza humana dotada de maleabilidade infinita.

Logo, esta abordagem supõe o desenvolvimento das obsoletas instituições da sociedade como um caminho para a evolução do ordenamento internacional.

Disponível no website da editora NEA: https://www.nea-edicoes.com/catalog/details//store/pt/book/978-3-330-20054-8/%C3%89tica,-pol%C3%ADtica-e-rela%C3%A7%C3%B5es-internacionais-num-mundo-em-viragem